Catarina Portela: Alguém que ouve antes de falar, mas...

Alguém que ouve antes de falar, mas fala sem que me possam calar.

Alguém que espera muito dos outros.

Uma pessoa que procura relações perfeitas onde não existem, e neste momento aprende a viver com isso.

Sou alguém com poucas pessoas de real valor, mas guardo-as cá dentro e faço o que posso e o que não posso, por elas.

Alguém que para caminhar tem que ver que todos estão à sua frente.

Que gosta de observar as caminhadas e participar nelas, crescer com todas as batalhas.

Que volto ás minhas raízes e ao meu passado para me lembrar de quem fui, o que mudei, e o que ficou, de uma menina assustada, que nada dizia, só observava.

Sou alguém que sente saudades daquelas amizades onde se falava dos mais disparatados pensamentos, das reacções e das confusões, sem receios de aprovação ou reprovação.

Alguém que não esquece de quem está ao meu lado quando eu preciso, mas também marca quem magoou, sem que eu nada fizesse por isso.

Preciso de um espaço só meu, onde falo sozinha, berro alto, dou bofetadas no vazio, choro descontroladamente, e acordo como se nada se tivesse passado.

Sou acusada de um sorriso lindo, acredito que vale sempre a pena mostra-lo.
Convencida?! Tem dias…

Já fiz besteiras de que me arrependo piamente, mas também já fiz disparates que voltava a fazer.

Espero pelo dia em que me sinta realizada por inteiro, até agora, contento-me com pedaços.

E sou feliz?
Maioritariamente. Afinal a felicidade feita de momentos…

Inserida por CatarinaPortela