Gilvan Lopes da Silva: Viver o agora Se nos apegarmos...

Viver o agora
Se nos apegarmos demasiadamente ao passado corremos o risco de ficarmos imóveis perante a realidade da vida sofrida e não avançar na história. Com isso, se ficarmos preso no passado, apegado as lamurias, corremos o risco de não avançarmos na construção de um agora melhor, de um futuro melhor, pois estaremos inertes no mundo, sem pesar e sem razão. A irracionalidade em entender a vida como virtude ética talvez seja a real calamidade humana. Poderíamos a ter considerar pequenas deficiências que desvirtua ou torna virtuoso o ser humano

Inserida por Gilvanls