Eduardo Aragão Neto: ÂMAGO Pra nunca te esquecer, me...

ÂMAGO
Pra nunca te esquecer, me desenhei,
Em frente ao nada, pois nada encontrei,
Pra não sofrer e nunca chorar,
Resolvi ser, eu mesmo, só pra te amar.

E... num sonho de luz...

Como a lua, que vai sumindo delicadamente no céu,
O vento forte e seco vai secando as lágrimas,
Que rolam em meu rosto, deixando a saudade fluir,
Em pensamentos do passado que amargam como fel
É como uma luta do passado e presente, a me consumir.

Não vai ser em vão...

Toda minha luta, que estou a declarar,
É por você, grande amor, que venho falar,
Como jamais senti e desejei alguém assim,
Tenho certeza, que meu amigo vento, vai trazer...
VOCÊ PRA MIM!!!

Eduardo Aragão Neto

Inserida por aragao