Eduardo Aragão Neto: AMOR SUBLIME Águas que diluem o sal,...

AMOR SUBLIME

Águas que diluem o sal,
Afaste da carne o mal,
Brota em coração o amor,
Levando contigo a dor.

Só quero ao sol expor,
Cicatrizes que o vento leva,
Iluminando coração em trevas,
Na sublimação do amor.

EDUARDO ARAGÃO NETO.

Inserida por aragao