MiguelPereira: AMOR! Não é falácia nem falatório.....

AMOR!

Não é falácia nem falatório..
Não é rir nem gracejar..
São complexas ideias, pontas de lança, apontadas, certeiras, muitas ja trespassadas.
Magoam, contristam, mas é o que me segura de pé.
Quero persistir de pé, erguido, com este intuito final.
Nada me vai Sustar, nada me vai deter.
Sou inditoso, sou afortunado, nao é contraditório, é fiel.
Eu digo,
mas do mal o mais.

Sou.
Continuo.
E sangro o nosso sangue.

Que muito sangue se verte,
Que muito tempo sustenha,
Que pouco espaço nos separe,
Há pouco... há muito.
Sinto que há muito pra sentir.

Não sou digno nem dono do julgar.
Dê o que demorar, estarei aqui de teu lado.

Amor ou amigo, só serei teu.
Jamais viverei sem te ter.
Jamais...
Sem ti não sou ninguem.
Jamais existirei.

AMO-TE, E AMAR-TE SOU EU MESMO!

Inserida por MiguelPereira