Thamyris Brito: Me fale a verdade, mas não faça...

Me fale a verdade, mas não faça joguinhos.
Eu não quero de maneira alguma mentira.
A questão entre a gente não será "Eu posso ou não posso ir?" Isso é infantilidade, coisa de amor sem confiança e mais ainda sem respeito.
Quero dignidade nas palavras e nas ações; Quero verdade no sentimento e no meu coração.
Não preciso de mais um amor de ilusões, preciso agora de um amor verdadeiro, amor esse que não só fala como também age; que não só sorrir, como também chora; que não só exista, como também me complete; que não só goste como também me ame.
Feito isso eu não tenho mais o que pedir, eu só tenho agradecer.

Inserida por Thamyrisbrito