Gustavo H. Nascimento: Adeus Por tantas vezes adiei Fiz tudo...

Adeus

Por tantas vezes adiei
Fiz tudo que podia para não me entregar, bati o pé, briguei
Eu nunca soube o que era amar
Sempre preferi me esconder atrás de promessas
Loucuras em vão, e paixões mal acabadas
Então tudo é novo...
Tudo tem um jeito, uma forma que eu não havia visto
Isso me deixa louco, eu confesso
Mas estou disposto, a correr o risco
A dizer o que sinto
A me perder nesse encanto
É a vida me enganou...
Eu pensei que nunca fosse gostar de alguém assim
E você me aparece, com esse seu ar, que me prendeu
Procuro o fim... Desse desejo...
Em cada verso, em cada beijo
Rezo para não mais te encontrar
E assim poder viver em paz...
Sei que é mentira, porque você não sai da minha cabeça
Se for para me enganar que seja assim
Sofrerei menos.
Só me resta dizer adeus

Inserida por gustavohn73