Marques Bueno: “Certa manhã” Certa manhã cheguei...

“Certa manhã”



Certa manhã cheguei quietinho de mansinho sem te assustar,
Devagar lhe fiz carinho, seu suspiro veio me inspirar.

Acordou e me deu um sorriso, tão belo que não é fácil explicar,
Um beijo com carinho traz lampejos a me excitar.

O seu rosto e seus trejeitos, sua pele a me tocar,
Minha alma é toda sua sequer tento recitar.

Seu perfume inebria, faz meu sonho delirar,
Teu suor me contagia, não pretendo mais parar.

O seu toque tem magia destas que não sei ditar,
A manhã faz-se alegria para a noite enfim sonhar.

Inserida por MARQUESBUENO