Marques Bueno: “Última noite” Aquela última noite...

“Última noite”

Aquela última noite o frio não foi sentido,
aquela última noite,um pouco de algo mais foi esquecido.

Espelhos, sorrisos, fotos, recortes de jornal
não são mais meus amigos.
Tristeza, dor, razão, angústia, solidão,
sopram baixinho em meus ouvidos.

Aquela última noite não sei se te escrevi.
aquela última noite parti, ao menos, não te menti.

A escuridão não me causa medo,
o orvalho frio não vai conseguir.
Do outro lado venho ao chão,
ajoelhado invejo o céu.

Aquela última noite sei que me atrasei,
aquela última noite,tentei correr;
perdão não consegui.......

Inserida por MARQUESBUENO