Cecília Meireles: A maior pena que eu tenho, punhal de...

A maior pena que eu tenho, punhal de prata, não é de me ver morrendo, mas de saber quem me mata.... Frase de Cecília Meireles.

A maior pena que eu tenho, punhal de prata, não é de me ver morrendo, mas de saber quem me mata.

Cecília Meireles MEIRELES, C. Antologia Poética. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2001.

Nota: Trecho do poema "Guitarra"

Inserida por elisamachado