Fátima Merigue de Mendonça: DIÁRIO DE AMOR . Quero escrever para...

DIÁRIO DE AMOR
.
Quero escrever para você
alguma coisa que toque teu coração.
Quero falar para você
não aquilo que queres ouvir
Mas aquilo que eu preciso falar.

(Preciso te mostrar que hoje o meu dia
(amanheceu cinzento e chovia, não lá fora
aqui dentro da minha alma e do meu coração.

Preciso te contar como tudo ficou escuro de repente
não porque faltou luz,
mas porque as luzes do meu mundo
se apagaram quando você calou.

Murmurar nos teus ouvidos,
que agora tudo chora dentro de mim,
e meu coração insiste em te procurar,
insiste em te amar, mesmo sofrendo.

Preciso te falar...
Falar que você existe neste momento
em meus pensamentos.
Murmurar que vejo teu sorriso
mesmo sem você sorrir.

Quero te contar que tenho saudades!
Saudades das tuas palavras
que se transformaram em poesias quando me falavas.

Mostrar que mesmo ausente a tua presença me alegra,
mesmo mudo ouço tua voz
e tuas palavras penetram meu coração.

Preciso te contar, quero te falar,
quero murmurar, preciso escrever, mas...
Você não quer me ouvir!

Fátima Merigue de Mendonça
(Direitos Autorais reservados)

Inserida por fatimamerigue