Fátima Merigue de Mendonça: SONHOS ...então acordei. O sabor do teu...

SONHOS

...então acordei.
O sabor do teu corpo em meus lábios.
Teu perfume impregnado em minha pele.

Acordei sentindo tua presença.
Olhei o cálice de vinho sobre a mesa
e através dele busquei tua boca, teus lábios.

Chorei...me toquei, acariciei meu corpo
acreditando sentir tuas mãos,
sentir teus dedos que percorreram minha pele
e desvendou mistérios
até então, nunca explorados.

Em meu leito flores que deixastes sobre meu corpo.
Juntei pétalas por pétalas,
revivendo o momento do nosso amor.
Te esperei!

Numa noite tépida,disfarço a minha saudade
colhendo pedaços das tuas palavras, juntando letras
e formando poemas de amor.

Vem amor
Desfrutemos o prazer enquanto a aurora não nos acordar.
Vem, beba o meu pecado e faça dele o nosso pecado.

Multipliquemos nossos momentos.
Deixe-me sonhar com você.
Acordei pensando em ti!
A música tocou meu coração
e você presenteou-me com teus carinhos.

Fátima Merigue de Mendonça

Inserida por fatimamerigue