Anônimo: Agora que estamos sós. Posso até...

Agora que estamos sós.
Posso até imaginar.
O quanto eu me engano.
Quando digo que não te amo.
Coração bate mais forte.
Se eu tento não lembrar.
Das vezes que nos beijamos.
E ao amor nos entregamos.
Com pureza em nosso olhar.
Agora que estou sozinho.
Eu consigo admitir.
Que sem você não sou nada.
Não tenho porque seguir.
Fico perdido na estrada.
Procurando aonde ir.
Agora que estamos sós.
Sei que sem ti minha amada.
Realmente não sou nada.

Inserida por sou-denis