Cõllybry: Não me prendas, amor Sou como água Que...

Não me prendas, amor
Sou como água
Que sairá por entre
teus dedos…

Não me prendas, amor
Sou, como brisa...
Escapulirei de teus braços



Não me prendas, amor
Sou como a flor
Que embeleza teu olhar
Mas…
Morrerei em tuas mãos

Não me prendas, amor
Enlaça-me com doçura…

No mar dos teus sonhos
No desejo impetuoso
Na profundidade
Do amor...

Inserida por ferfontes