Mfpoton: Na sutileza de uma pluma, onde somente o...

Na sutileza de uma pluma, onde somente o vento percebe a canção chegar.
No toque leve de uma melodia de piano, como olhar de Amélie Poulain.
Como uma cantiga de ninar.
A fragrância pairando no ar buscando seu olfato, num aroma de orvalho.
Em toque sutil e leve, onde somente a quem interessar.
Onde embora pareça encoberto por um fog, mas uma sensação de profundidade.
Mesmo que pareça solitário, mas com um sentido devasso e longe das incertezas.
Longe de barulhos aguçados, numa penumbra acolhedora.
Distante de interferências exaustivas, na leveza de uma pluma ao vento.

Inserida por mfpoton