Vitalves: Antes de tentar dormir Noite sem sono,...

Antes de tentar dormir

Noite sem sono, versos sem razão, eu quero crer na ilusão, quero um transplante de cérebro urgente, não aguento mais essa gente demente, eu quero um chão pra pisar, quero ter um coração pra amar, eu preciso não ver nada em algo, algo preciso, ponho-me a me amar, amo-me a me expor, eu vi o vermelho do céu, vi o azul do teu véu, as cores inversas, as ilusões imersas, os rastros de tempo na beleza do teu templo, te contemplo, nada mais à fazer, nada à me obedecer, eu não sinto nada, nem tuas mãos de fada e nem o golpe da tua espada, eu fui um menino mau, fui um homem vital, eu fui o meu passado e fui ultrapassado, fui ao meu presente e te vi ausente, fui ao meu futuro e tive medo do escuro, fui pro quarto e não te vi, vou tentar dormir...

Inserida por vitalvesilva