Fernando Uynne Grimaldo.: Ralo Pro fundo do ralo Vão algumas...

Ralo

Pro fundo do ralo
Vão algumas memórias
De sentimentos tão fortes outrora
E tão insípidos agora.
No fundo do ralo
Está o sentimento escondido
O grito não-ouvido
Impregnado de rancor.
No profundo do ralo
Sente-se o cheiro da mágoa
Que polui seu caminho
E me encharca como água.

Inserida por ferdix