Heva Freitas: Sobre a arte e o artista A arte só...

Sobre a arte e o artista

A arte só acontece quando o artista se arrisca, não tem jeito.

Artistas não podem "trair" porque não são políticos.

Não podem ser fiéis a um porque tem de ser fiéis a todos, sem obedecer a ninguém.

Impossível ao artista agradar a todos, mas o que ele procura não é agradar é ser lembrado.

0 único compromisso de um artista é não ter compromisso.
A partir do momento em que o artista adere a um conjunto de regras de como fazer algo, ele não é mais nada.
Ele passa a ser só um como os outros.

Um artista é um ser criativo.É o seu compromisso quebrar as regras. Ou pelo menos ter umas só suas.
E se alguém as imitar? Para o verdadeiro artista, isso não é problema, porque quando isso lhe acontece,
ele já está cansado de imitar a si mesmo e aí vai arriscar-se a ser outro.

Ser artista é nada ser exatamente, para que sua arte o seja pela eternidade.
_________________________________________________
Heva Freitas. Recanto das Letras. Fortaleza: 2008. Texto T1108320

Inserida por artifatto