Mfpoton: Nada importa, nada O que importa, São...

Nada importa, nada
O que importa,
São conquistas...
Realizações
Como num leilão
Quem da mais...
Quem da mais...
Quem paga mais...
Quem tem mais...

Seu Rolex...
Sua guitarra...
Seu leilão vira feira
Seus solos viram marchas
Dois pra lá... Dois pra cá
Pois acaba virando tudo... A mesma coisa...

Eu não sou...
Me falta algo
Que não sei bem o quê
Mas sei que falta...
As tardes ficam vazias
Os domingos sem entardecer...
Não da pra preencher
Com amenidades
Ou com um idiota qualquer

Preciso do solo da sua guitarra
A me preencher a alma
Com uma linguagem
Como se fosse a mim mesma
Espantar uma solidão
Que não se engana
facilmente...

Não da pra ficar sem uma canção de amor...

Inserida por mfpoton