Alyne Soares: Eu me vejo e revejo a cada dia na frente...

Eu me vejo e revejo a cada dia na frente do espelho e não entendo o porque de tanta matéria dentro de um só corpo,não entendo o porque que algumas pessoas tem tanto e ao mesmo tempo nada,motivos e mais motivos me levam a crer que os estranhos aqui somos nós.Não conhecemos nossa própria raça ,não poderíamos saber ate que ponto o ser “humano” pode ser capaz de chegar,é fácil dizer conhecer a pessoa perfeita mais não e nem um pouco fácil levar em sua vida a carapuça de pessoa perfeita.Nunca julgue ninguém pelos seus atos momentâneos ou muitos menos de euforia,nunca julgue “o livro pela capa” ou pela boca de outra pessoa , as pessoas não sabem definir outras pessoas apenas sabem definir a elas mesmas e algumas nem a elas mesmas.

Inserida por alynes.m