Juliana Franco: A vida... Esse é meu assunto favorito,...

A vida... Esse é meu assunto favorito, palavra tão pequena, onde cabe tantos sorrisos, lágrimas, sentimentos, expressões, assuntos...Reflexão, vida...Será que você reflete sobre a sua vida? Será que você analisa as situações do seu dia-a-dia? Será que você presta atenção nas coisas ao seu redor? Você observa as pessoas? Você se sensibiliza sobre os problemas e dores do mundo? Tudo que nos cerca é vida, e será que você, será que nós refletimos sobre tal?
O mundo de hoje é uma louca corrida que não para nunca, uma corrida contra não sei quem, porque nessa tal corrida nós fechamos os olhos, a mente e o coração para tantas coisas...Bom, é claro que eu compreendo a correria da vida de um pai e uma mãe que trabalham, se esforçam para crescer na vida, para dar lazer, estudo, alimento, tudo da melhor qualidade aos filhos, é claro que eu compreendo a correria de adolescentes que estudam, fazem curso, aulas disso e daquilo, em busca de aprendizado, de bagagem, porque todos lhe dizem que a vida é difícil e realmente é, mas no meio disso tudo, creio eu que falta algo... Eu particularmente gosto muito de pensar, analisar e observar, e as coisas que eu direi aqui agora, vocês também sabem que existe, acompanha, porém, será que nós damos a devida atenção? Milhares de pessoas sofrem a todo segundo, sofrem por fome, sofrem por solidão, sofrem porque nós mesmo as vezes em nosso dia-a-dia os excluímos, sofrem por perdas, milhares de pessoas morrem sem motivo a todo instantes, pessoas são ameaçadas, pessoas são machucadas, velhinhos são assaltados, crianças são desaparecidas, mães são desesperadas, vidas se apagam em segundos... Nós temos uma vida, temos profissões diferentes, amizades diferentes, cabelos, tom de pele diferente, temos gostos diferentes, porém todos nós temos sentimentos, ninguém gosta de sofrer, ninguém gosta de perder alguém querido, ninguém gosta de ficar só, ninguém gosta de ser excluído ou humilhado, ninguém quer ser assaltado, ninguém quer passar fome, o problema é que muita das vezes agente pensa só em nós mesmos, e quando chegamos a abrir os olhos para enxergar tais problemas com atenção é porque passou a entrar em nossas vidas ou nas daqueles que amamos, esquecemos nós em que vivemos todos em um mesmo mundo, onde acontecimentos futuros nos atingiram, e se não atingir serão aos nossos filhos, netos, o mundo precisa de mais solidariedade, de mais amizade, mais pensar em 'nós' e não só no 'eu'.
Refletir sobre tristezas, sobre o cotidiano, sobre o mundo em que vivemos, seja talvez uma tarefa que nós não temos o hábito, porém, que tal tentarmos inverter esse quadro?
Um bom coração e uma mente pensante em objetivo do bem podem sim mudar o mundo!
Reflita sobre isso.

Inserida por JulianaFranco