Rejane Moraes dos Santos: Quem sou ? Não vim ao mundo para dar...

Quem sou ?
Não vim ao mundo para dar explicações sobre quem sou
O meu ser é mutável, assim como tudo ao meu redor
Prefiro respirar o ar da novidade a viver num mar de marasmos
Meus voôs vão além do tédio da mesmice
Quero sentir o sabor da liberdade que Jesus me deu
Sentir o vento em meu rosto alimentando meus sonhos
Sirvo ao único e verdadeiro Deus
E Ele não muda, muito menos seu amor por mim, e isso me dá forças para continuar a viver
Palavras de amor são jogadas ao vento
Promessas falsas de um futuro utópico e indefinido
Prefiro me esconder da paixão a viver na loucura do engano
Palavras são facilmente aceitas pelo papel
Mas dificilmente assumidas por quem as diz
Canso-me da falsidade , hipocrisia e ignorância que me cercam
Anelo por conhecimento, e o saber é uma de minhas paixões, assim como a justiça e a vontade de amar e ser amada
Acredito na Educação que transforma
E para este propósito na Educação estou
São tantos ranços,tantos muros e amarras ao passado
O preconceito é a marca dos néscios, a falta de vontade para aprender e largar o que um dia foi bom é medo de buscar aprender tudo novamente,as raízes os prendem e eles se negam a voar em buscas de novas terras .
Sinto o odor do mofo em suas concepções
Defendem uma educação imperialista,exclusiva e elistista
Uma Educação que ingessa o saber, que ensina apenas ruminar o pensamento do outro
Que mata a curiosidade promissora nata em todo[b] [i]Homo sapiens [/i][/b]
O saber é para poucos, para aqueles que ousam transpor a barreira do desconhecido
Bem sei que por muitas vezes esmoreço,as lágrimas embaçam meu olhar
Minhas forças se esmiuçam
Preciso de fôlego para ir adiante nesta batalha
Minha mente se exaspera por razão
Meu coração sente falta do que nunca teve
Minha alma sente saudade de morar junto ao Pai
Mesmo assim, não desisto de lutar
Renovo as forças em minha sede de vencer,em minha fome do saber
Desafiando a mim mesma a enfrentar os gigantes com minha busca pelo novo e diferente
Pela incançável luta por justiça e informação
Não me permitindo contaminar com essa fétida adoração à mediocridade que adoece,limita, e se conforma com seus "ismos"
Persevero junto aos poucos soldados que ainda buscam transformações
Que não aceitam a impiedade deste mundo tenebroso
E feito fênix,renascendo das cinzas
Ouso mais uma vez voar !

Inserida por remassan