Fabiano Lustosa: Teu doce sorriso. Permanece de ti doce...

Teu doce sorriso.

Permanece de ti doce lembrança
Em minha alma repleta de tristeza
E o amor que existe é com certeza
A chama que mantém esta esperança.

Se após o temporal vem a bonança
Arranjo sábio da santa natureza
Após as crises de dor vem a beleza
De recordar o teu riso de criança.

Se a garra adunca da tragédia avança,
Lembrar o teu sorriso é um escudo
Que não cede, não pende nem balança,

E ao vê-lo, apaixonado quedo mudo
E minha alma a teu olhar se lança
Vendo paz e bondade em quase tudo.

Inserida por scorpions