Diego Santana: ESTAÇÕES O frio do inverno Que...

ESTAÇÕES

O frio do inverno
Que acalantou minhas angústias
Que tremeu meus gritos
Aproxima-se do fim
Num prenúncio de fluorescência

Essa transição silenciosa
Parece insossa quando percebo que a noto
Vejo o tempo em sua divisões milimétricas

Suporto a dor a cada dia com conforto
Quero senti-la na próxima estação.

Inserida por lovelyjay