Catarina Portela: Pedaço de mim Que me completas E me...

Pedaço de mim
Que me completas
E me dizes palavras certas
No momento ideal
Quando tudo corre mal

Há um pedaço de mim
Que encontra um sorriso
A esperança que preciso
Para lutar contra as adversidades da vida
Tão inconstante e definida
Como se tudo j á estivesse traçado
Mas que vida é que tem significado?

Logo me vens à mente
É maravilhoso quando se sente
Que temos alguém por perto
Mesmo que tudo à volta pareça um deserto
Tu estás lá comigo...
E volta tudo a valer a pena
Já não existe nada que envenena
Esta vida curta e insignificante
Ao qual tentamos sair dela… Triunfante.

Pedaço de mim que me ajudas
A tapar um pedaço que se vai
Tentas que não pense em amarguras
Então seguras a mão
Entras-me no coração
E acalmas uma dor
Difícil de conter
Difícil de esquecer

O sangue do teu sangue
A carne da tua carne
Que sofre em silêncio
Numa constante revolta
Contra o mundo que o rodeia
Num sofrimento que incendeia a mente
Quem dera que se pudesse dividir
Para te ver sorrir mais uns tempos
Para que nos lembrássemos de bons momentos.

Queria tanto que ficasses...
Queria tanto...

Inserida por CatarinaPortela