Tarcísio Nogueira dos Passos: Queria pintar um quadro. Um que possa...

Queria pintar um quadro.
Um que possa mostrar toda ou parte da minha vida.
Um que seja representativo daquilo que sou, penso e vivo.
É mesmo uma pena, a ausência desse dom.
Caso o tivesse, seria diferente.
Um dia desses, assim como hoje, com muitas idéias na cabeça e pouca habilidade manual, deixaria de escrever esse texto e, com pinceladas, pintaria o meu quadro.
Um quadro de minha total ou parcial vida.
A idéia do quadro é boa, sobretudo quando se tem a possibilidade (quase que como código) de apenas o autor saber o que queira transmitir.
Quantas vezes nos deparamos com obras de artes que não entendemos coisa alguma?
Mas um quadro é um quadro.
Foi objeto de inspiração. Alguém se lançou a ele quando ainda era apenas uma tela seca, vazia e sem nada.
Pintar um quadro é colocar vida no nada. É dar uma identidade ao nada.
Pintar o seu quadro é, acima de tudo e abaixo do nada, expor-se.
Quais de nós teríam essa coragem?
Gostaria de pintar o quadro.
Mas não seria explícito.
Misturaria tons, texturas, e o que mais fosse possível.
Não esperaria receber aplausos, mem críticas.
Afinal de contas, esse seria meu quadro.
Afinal de contas, num quadro se conta o que se quer.
Vou pintar um quadro.
Vou pintar por aí.
No mais, boas pinturas a todos!

Inserida por tarcisiopassos