Mauro Mesquita: Gestos Não adianta dizer que me ama, se...

Gestos
Não adianta dizer que me ama,
se não me fizer acreditar,
suas palavras são apenas confirmação,
dos gestos que acompanham o seu linguajar;

suas atitudes se confundem com a de uma bêbada,
que não sabe de onde veio e onde quer chegar;

não quero ser o seu trofél,
não aceito ser resultado de uma vitória desleal,
com você eu era tapete,
agora eu sou lençol,
hoje sou segunda pele,
antes e depois do sol.

Inserida por djmauromesquita