Tãnia Barros: Não espero entendimento. Eu mesma não...

Não espero entendimento. Eu mesma não entendo.
Sou apenas aceitação do que vem. Não, sou mais:
Aceito o que vem de mim, este tudo que não entendo, por
admirar-me bem mais assim, inacabada, que aos já tecidos, já feitos, e dis-postos à morte.

Inserida por tany1