Desconheço: a história de um homem que aproximou-se...

a história de um homem que aproximou-se de Sócrates:

“Como sou muito seu amigo, preciso lhe contar algo!”

“Espera!”, disse Sócrates. “E as três provas? Já fizeste a primeira prova, que é saber se o que me contas é verdade?”

“Bem… não tenho absoluta certeza, mas ouvi dizer…”

“Então fizeste a segunda prova”, disse o sábio.”A prova da bondade. O que contarás será bom para mim!”

“Não… muito pelo contrário…”

“Se não fizeste a prova da verdade ou da bondade, com certeza fizeste a da utilidade. O que me contarás é útil!”

“Útil?”, disse o visitante. “Bem, útil não é”.

“Então”, concluiu o filósofo sorrindo, “se o assunto não é verdadeiro, nem bom, nem útil, melhor não se preocupar com ele”.

Inserida por leicpv