João Vitor Rocha: Filha doida... De onde vem tanto amor...

Filha doida...

De onde vem tanto amor assim meu deus? Me diz!
Ele nem terminou os estudos... Não passa de um mero carpinteiro.
Que futuro ele pode oferecer a você, minha filha? Me diz!

Filha sabe de uma coisa?
Doida você, quando não dá ouvidos pro que dizem a respeito do carpinteiro.

Pensando bem...
Doida sou eu mesma, que amo o tal rapaz de que tanto falam.

Mãe, com todo respeito?
Doida, na verdade, é você que dá ouvidos pro que dizem a respeito do rapaz.

Perdoe-me filha, meu erro foi te amar demais!

Inserida por JVRDentista