Sandra Bispo: A Rosa e a borboleta Quem nunca viu uma...

A Rosa e a borboleta

Quem nunca viu uma rosa? Ela é uma flor muito bonita, cheirosa e delicada. Quando brota, a rosa dá um espetáculo.
Com certeza, você também já viu uma borboleta. Uma obra divina! Com sua fragilidade e beleza, a borboleta encanta com seu delicado vôo.
A rosa e a borboleta também encantam com um lindo ato de amor e cooperação. A rosa oferece à borboleta o seu nécta, para ela se alimentar. E a borboleta leva à rosa os polens necessários para ela se reproduzir. A borboleta faz um elo entre uma rosa e outra.
A rosa não julga a borboleta por ela ter sido uma lagarta e comido as folhas de sua roseira, e nem a borboleta julga a rosa por esta ter espinhos. Ao contrário, a rosa admira a borboleta por ela ter passado por uma transformação lenta e dolorosa. E a borboleta admira a rosa por esta, em tão pouco tempo de vida, dá o seu melhor sem olhar a quem.
Paremos de julgar as pessoas e achar que somos melhores que os outros. Assim como a rosa, temos espinhos, por isso devemos tomar o exemplo da borboleta e pararmos para refletir e passarmos por uma mutação espiritual.
Creio que a vida da borboleta é um modelo para nós. Antes do batismo somos uma lagarta, que para viver abocanha e arrasa a roseira. O batismo é o marco, o casulo. É no casulo que a lagarta se torna uma bela borboleta. É no batismo, que nos tornamos uma nova pessoa e temos a obrigação de sermos semeadores dos planos de Deus. Temos que deixar em cada pessoa que encontrarmos no caminho a certeza do amor de Deus.
Devemos também seguir o exemplo da rosa. Não sabemos quanto tempo de vida teremos na terra, por isso, devemos - todos os dias - darmos o que temos de melhor.
Senhor, que eu seja uma rosa, para oferecer o teu amor às borboletas que se aproximarem de mim. E que eu seja uma borboleta, para levar a certeza da vida eterna para as rosas que eu encontrar no meu caminho.

“O que encobre as suas Transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.”
(Provérbios 28.13)

Inserida por reportersandra