Jorge Aragão: Ontem Revirando uma gaveta de repente...

Ontem
Revirando uma gaveta de repente
Dei de cara com a saudade em minha frente
Era uma fotografia, de perfil você me olhava
Pois é
Parecia já que adivinhava
Que não mais daria certo o nosso amor
Parecia que já presentia a dor
Pois no verso uma dedicatória, tráz
Que eu lhe tenha na memória
Sempre mais
A foto amarelou

E aquele amor que o tempo engavetou
Ao lado de um sachê
Me trouxe até você

Um filme que passou
Espero que você seja feliz, como eu sou
Um filme que passou
Feliz, mas sem você
Só hoje é que eu pude entender

Que ontem
Parece que foi ontém...

Inserida por Tassio