Rafaelli milani: Procuro mais uma vez alguma palavra rara...

Procuro mais uma vez alguma palavra rara pra começar a expressar todas as pequenas coisas que por muito tempo guardei lá no fundo de mim.
Tudo começa com um dia normal, de tardezinha vida nova, de noite nova vida. Quem duvida que uma vida possa mudar em alguns segundos? Pois eu acredito piamente que esses segundos sim, são muito mais, ou foram muito mais do que alguns segundos.
De repente e não mais que isso, mais perto do que o que a mente sozinha poderia alcançar, surge alguém que uma história poderia mudar.
E depois de um conturbado jogo sem soluções, um “abraço” inesperado muda as peças de lugar. Um beijo na luz do luar, um abraço que me fez voar. Literalmente e conotativamente voando, um pouco acima do chão, com a cabeça no topo das nuvens.
Foram os primeiros dias conturbados, com dois pensamentos em uma só cabeça, talvez em duas cabeças, embora conversas tenham esclarecido um pouco do que acontecia há um tempo atrás, absoluta certeza tenho de que contar pensamentos alheios não é assim, tão fácil. Com essa idéia, decido falar de mim. O medo e a coragem eram visíveis, algo parecido nunca havia acontecido. Era o arriscar, com medo de errar, mas a certeza de tentar.
Acertei e isso é fato, hoje não faço mais idéia do que seria a minha vida sem aquele sorriso tão acolhedor.
Não é difícil perceber que tudo aquilo foi muito mais do que uma simples história de amor para fazer sorrir e fazer sonhar, foi um aprender, um aprender a amar e amar.
Em meio a tantas palavras, talvez não seja a tarefa mais fácil encontrar sentimentos, talvez esse nunca tenha sido o meu dom. Existe tanta coisa por dentro e uma porcentagem pequena de tentativas entendidas. Quando eu digo que te amo, é uma vitória pra mim. Deixar saírem as palavras escondidas dentro de um enorme e apaixonado coração.
Agora diga que é fácil notar que embora a garota dos pensamentos complicados ame, ela precisa se situar. Sorrir, cantar, brincar, sorrir, amar, sorrir, sorrir, sorrir. Ela só quer sorrir.
Horas, dias, meses. O tempo passa e pequenas coisas mudam de pouco em pouco. No final tudo mudou, e hoje nada mais é como ontem, assim como hoje não foi como amanha.
Se amanha for como hoje, queira Deus que hoje tenha sido mais um dia de amor.
A noite cai e embora tão aqui do lado, queria com você estar abraçada. Sem mais brigas ou sofrimento, sem essas coisas pequenas que acumulam e acabam machucando de pouco em pouco, tirando aquela proteção, agulhando de pouco em pouco, tirando o sono, fazendo parar e pensar se tudo está como deveria estar.
E por falar em estar... E agora onde está você? Chegou e dormiu, chegou e chorou, chegou e se divertiu, chegou e se vingou. Tantas opções e tão pouco de intenções.
Volta aqui e tenta entender que o que eu mais quero é que o nosso tempo seja só de sorrisos, um fazer feliz e um feliz ser.
Tudo o que eu quero é alguém que me faça feliz.

Inserida por rafaellimilani