Chiara Luana Reinert: Simplicidade. Filme embaixo da coberta,...

Simplicidade.

Filme embaixo da coberta, sorvete de chocolate, ver o mar, sentir o vento, olhar o céu, desejar tocar estrelas, uma foto, um pássaro, um dia de sol, cheiro de chuva, um abraço, um dia no shopping , uma tarde com os amigos, aula terminada mais cedo, Nando Reis, o inverno, as folhas de outono, rever velhos amigos, beijar seu namorado, brigar com sua mãe, cair de bicicleta, praticar yoga, ir à Igreja, sair pra dançar, ou quem sabe dançar um forró. E porque não? Mudar a rotina. Sentir o cheiro, sentir saudades, sair com seus cachorros, pular de uma ponte, fazer promessas, cortar o cabelo, cheirar uma flor, comer chocolate e depois ter dor de barriga. Aceitar o amor, entender um sorriso, saber perdoar, AMAR. Sentir a necessidade de ter alguém ao seu lado e acima de tudo valorizar, amar. São poucos os que amam. A sensação de consciência tranqüila, o desamor sem peso, de ser feliz sem precisar de alguém, ser feliz por essas pequenas coisas.. Ser feliz com a simplicidade. As virgulas da vida, os tropeços, os erros. A sensação de um sonho realizado, o sentimento divino de ganhar uma afilhada (eu tinha que colocar isso) o gostinho das brigas com seus irmãos, os conselhos de seus avós, o sorriso de uma criança. A simplicidade.Acho que por amar a simplicidade, sou feliz, por não precisar de muito, nem muitos pra desfrutar dessa sabedoria. Até porque a felicidade está em você e não naquilo que você idealiza.

Inserida por chiiiaraa