Tiago tavares: .UMA TARDE. " Na janela três por...

.UMA TARDE.
" Na janela três por quatro,vejo a tarde cair como cai o leite no café.
mas ainda á uma luz brim que causa um zéfiro em mim.
sinto o vento entrar no quarto como entra o ar e meus pumões.
tarde de desejos sentidos,ao ver mulheres insanas.
um passáro sem medo de voar,pousa em mim.
tarde foi chegar ao pensamento certo,que a tarde será pra me.o inicio de uma noite sem fim."

Inserida por seravat