Diana Pilatti: Manhãs solitárias. Assanhados meus...

Manhãs solitárias.
Assanhados meus pensamentos voam até você:
Rubra rosa se abre, desabrocha firme em seu talo.
Lampejos de sonhos e devaneios
Ondeiam meu corpo pálido e febril
Nos lençóis cheios de sua ausência...


12.07.2008

Inserida por dianapilatti