Paulo Master: Ama-me por aquilo que pareço para ti, e...

Ama-me por aquilo que pareço para ti, e deixe-me fazer dos nossos dias a ciranda do amor, uma melodia em que a sua essência seja a mais completa entrega e a mais linda das paixões que venha existir, fazendo-nos meros coadjuvantes em uma obra que somente o amor reinará.

Inserida por Paulo-Santana