Divine: Silenciosamente foste chegando Pé ante...

Silenciosamente foste chegando
Pé ante pé..nem me apercebi
Não pediste licença para entrar, simplesmente foste chegando
Sem permissão abristes todas as portas de meu ser.
Descobriste todos os meus segredos
Esperanças e os mais secretos desejos.
Confiei-te todas as minhas dúvidas medos e anseios
Escancarei as janelas de minha alma...
Dando -te total liberdade de acção.
Entraste no meu coração
Vasculhaste-me os sentimentos
Encontraste escondidos os meus defeitos e virtudes os sonhos e ilusões
A amargura e a desilusão
Confiei-te o meu destino... a minha vida.
Trocamos carinhos secaste as lágrimas que teimavam em cair dos meus olhos
Afastaste a tristeza sorriste e falaste-me de esperança
Sem mágoas ou tristezas reflectidas no olhar;
Com ternura e compreensão...
Devolveste-lhes o brilho
Entraste em minha vida de mansinho
Encheste minha vida de quimeras, sonhos e fantasias
És a fantasia na sombra dos meus dias
Qual sonho adormecido vais chegando
Acabando com a minha solidão
És vendedor de sonhos simplesmente...

Inserida por Divine.