Dourival José: A quem eu vou dizer que eu amo? A mim?...

A quem eu vou
dizer que eu amo?

A mim?
Às estrelas?
Ao universo?
A Deus?

Não sei.

Mas, eu sei que eu amo.

Eu amo os meus
próprios passos...
Certos e incertos.

Palmilhados, percorridos
Nas trilhas desta vida
que percorro...

Nas trilhas dos encontros,
que encontro.

Nas trilhas desta vida
onde me perco,

De vez em quando.

Eu sei a quem.
A mim...
Apenas para dizer
Que eu sinto...
que eu amo.

A mim,
A você,
A vida,
Ao amor.

A quem o amor ama.

Ou seja: a qualquer um
que seja capaz de senti-lo,

Assumi-lo, e a dá-lo a
quem o pede, a quem o busca
e a quem o quer.

Inserida por pensamentosintimos