Beatriz: E de repente Num repente A mentira vem E...

E de repente
Num repente
A mentira vem
E vira verdade
Com tamanha facilidade
Apropria-se resoluta
Daquilo que seu não é
Usa e abusa
Com toda propriedade
Um viver
Fora da realidade
E vamos
E aceitamos
Nos acostumamos
Levando assim...
Sem muita vontade
Em meio a turbulência
Desgastando-se com freqüência
E rindo...
Ou chorando...
Tanta calamidade
Vivendo em abstinência




Beatriz Prestes

Inserida por zacum