Vittorio Buttafava: À mulher que se ama, podem-se perdoar...

À mulher que se ama, podem-se perdoar até os cornos; àquela que já não se ama, não se perdoa nem mesmo uma sopa salgada.... Frase de Vittorio Buttafava.

À mulher que se ama, podem-se perdoar até os cornos; àquela que já não se ama, não se perdoa nem mesmo uma sopa salgada.

Inserida por agf