Henry Céard: O desprendimento de tudo nunca é tão...

O desprendimento de tudo nunca é tão completo que não sobreviva ainda um sonho à morte dos sonhos.

Inserida por agf