Divine: Diz que me odeias.... Mas diz que não...

Diz que me odeias....

Mas diz que não vives sem mim.
Que sou uma praga.Mas que me amas assim
Sou a tua vontade quieta na consciência o inverso de tudo o que pensas sou aquilo que lutas para não desejar.
Não duvido, eu consigo até ser mais...
Enrosca-te em mim de forma natural entrega-te..
Agarra-me
Enlaça-me
Abraça-me
Levo-te por caminhos de amor e prazer que incendeia uma chama no teu corpo
Sufoca-me, sufoca-te desejos tão loucos que aos poucos nos vão consumindo.
Então disfarças as tuas vontades e os mais doces desejos
Mas sou a tua sombra até se andas no escuro o teu segredo mais guardado
A tua noite fria e o calor do teu corpo
Sou esse arrepio que sentes na tua pele..
E quando já não me encontrares, mesmo assim estarei aqui
Quando achares que fui embora, outra vez sentiras o calor do meu abraço
E no final, quando sentires a minha falta, eu sei..
Renascerei em forma de saudade dentro de ti

Ama-me como eu sou!!

Inserida por Divine.