Divine: Caminhas ao ao meu lado Não me sentes...

Caminhas ao ao meu lado

Não me sentes nem me vês

O que fui ou o que sou

Procura na tua memória

Sequência interrompida

Um engano irrecuperável

Um vazio profundo que a monotonia não renova

Contemplamos o horizonte

Ou é o horizonte que nos contempla a nós..

Tudo se renova

Tudo nasce e tudo morre

Este nosso esquecimento temporário

Sereno paira a cima de ti a cima de mim a cima de nós


E nós? Lado a lado..

Inserida por Divine.