Ana Deva Garjan poeticas Devas: Vi I Olhei pela janela a finalmente eu...

Vi

I
Olhei pela janela
a finalmente eu vi
o capim minha alma e todos os tons

No sonho
no silencio
no não
que nunca me encontrem
que nunca me tirem
o meu carnaval

II
escuto silêncio
porta para o paraiso
música muito minha
som-pausa
silencio
somente
voz de dentro

Mas nada me acontece
disse o poeta
só poesia

Ana Deva Garjan
*Poéticas Deva's

Inserida por anaferreira