Túlio Rivadávia: Amor de Esperança Basta que em um...

Amor de Esperança

Basta que em um instante
que me perco em meus pensamentos
vêm-me tua imagem

Não sei quem és
Onde moras
mas sei onde te escondes.
No fundo de meus sentimentos
em minha esperança,
que ei de encontrar-te
e que todos os dias solitários
que todas as noites de lençóis frios
que toda espera,
valerá a pena!

Conheço teu rosto,
teu jeito
sei como te quero.
Platonismo? talvez...
mas creio que não!
A palavras mais certa
seria esperança!
Se esta morre,
ressecaria meu coração,
tal qual se encontram meus lábios.

Inserida por tulioriva