Oriza Mrtins: As perdas não lamentemos, pois as...

As perdas não lamentemos,

pois as trilhas que vivemos

renovam-se a cada era:

...se no outono a folha cai,

uma outra, é certo, vai,

renascer na primavera...











































E assim, sigo curtindo

Estes ciclos do destino,

Sem pressa, até devagar...



Mais importa o caminhar
que o porto logo alcançar.

Porque a sabedoria
Do sonhador peregrino
Não consiste em chegar
Depressa a seu destino.

Consiste em querer trilhar
na tempestade ou bonança,
as veredas da esperança,
ainda que ande sozinho,
e em saber apreciar
as belezas do caminho...






































Oriza Martins/2007

Inserida por zacum