Marcial Maciel L. C.: Extrato de uma carta dirigida aos...

Extrato de uma carta dirigida aos Legionários de Cristo. México, 28 de setembro de 1989.

´Na vida, no mundo, cada homem vai fazendo também suas opções que vão moldando sua personalidade, e vão dando um rumo a sua vida: a decisão sobre a profissão que pensa seguir, a escolha de uma esposa, a formação de uma família. E se a pessoa é madura, estas determinações que se iniciaram como possibilidades e que por um atrativo crescente se converteram em decisões, chegam a ser irreversíveis por ser uma parte de sua vida mesma, de sua identidade humana. Se analisarem o motivo último destas opções ncontrarão que o amor foi cativando sua vontade. Assim é o homem, por trás de suas decisões se encontra sempre a força do amor: a outra pessoa, a si mesmo, a um valor, ao prazer, às coisas. Quem ama pouco ou com inconstância viverá de leviandade e impulsos, do ambiente. Mas quem ama autenticamente empreende grandes empresas, comporta com integridade sofrimentos indizíveis. O amadurecimento é, portanto, a constância no amor que orienta e polariza toda uma vida, que fundamenta e motiva a felicidade, que dá sentido, que enche os desejos profundos do homem de amar e ser amado.

Não pode ser diferentemente com o sacerdote, com o religioso. Só o amor dará sentido a sua existência: só o amor será motivo para que alcancem o molde das opções definitivas. Não será nunca o suficiente o puro esforço de vontade de quem por capricho decide seguir adiante. Tarde ou cedo se desfalecerá porque sua vontade se cansará ou encontrará outros atrativos que o seduzam e o conquistem. Se for fiel só por amor, se for autenticamente feliz só no amor, se for idêntico só amando´.

Inserida por lalaoi