Sofia: VIDA À momentos que me sinto sosinha,...

VIDA

À momentos que me sinto sosinha, revoltada com o mundo, não quero sair do meu canto , vejo muitas pessoas que passam pela aquela porta que eu vejo , sim essa que distancia feliz-infeliz, neste caso estou na porta infeliz a um passo de feliz mas sempre que me lembro que as pessoas que foram não voltaram para me contar como é , mas depois pensando bem quere dizer que estão felizes, mas algo me prende neste lado da porta, é verdade nunca fui feliz mas acho que se for a felicidade vai ser tanta que nao vou conseguir suportala, acho que nunca passei por ela.. o tempo neste lado da porta passa tão devagar.. 1 minuto parece dias e 1 hora meses, nao temos companhia e todos que estavam foram-se , optaram pela felicidade e nunca por aqui voltaram a passar, estou aqui à bastante tempo que já nem sei o tempo perdido, aqui já sonhei ser feliz mas a dor é muita que nao a suportei .. aquela porta nem sempre está lá ela vai-se e volta consoante a distancia que estas dela, mas para alguns acaba por desaparecer e nunca mais volta, para outros aparece mas acabam por ficar por indesição e nunca mais vem a tal porta , sinceramente a mim é a 1 vez que aparece talvez por medo não avance e por coragem queira avançar, mas se passa-se a porta se nao gostasse voltaria para a "infelicidade" , então com os olhos fechados e com o corpo a tremer, abri e dei um passo em frente voltei abrir os olhos e estava um monte de pessoas a minha volta sorridentes, a braçarem-se a chorarem de felicidade percebi que estava num hospital e aí percebi vale apena dar um passo em frente por mais que tenhemos medo à sempre alguem que nos segura antes de cair-mos .. à sempre pessoas à minha espera e eu à espera delas, à sempre pessoas que me amam e eu a ela e à sempre aquelas que nao esparavas ver lá e que pensavas que eram essas que se iam rir de ti .. vale apena seguir em frente mesmo quando nao podemos mais ,se nao correr, ande se nao andar rasteje mas siga em frente ..

Inserida por sofz