Armando Artur: URGÊNCIA É urgente inventar novos...

URGÊNCIA

É urgente inventar novos atalhos

acender novos archotes
e descobrir novos horizontes.
É urgente quebrar o silêncio,
abrir fendas ao tempo
e, passo a passo, habitar outras noites
coalhadas de pirilampos.


É urgente içar novos versos,
escalar novas metáforas
recalcadas pela angústia.
É urgente partir sem medo
e sem demora

para onde nascem sonhos,
buscar novas artes de
esculpir a vida.

Inserida por sizinha1234